domingo, 29 de julho de 2012

Eleições - interesses privados superam os sociais


Os quatro anos de salário de um prefeito da cidade de São Paulo rende aproximadamente R$ 1,25 milhão durante todo o mandato.

A campanha de José Serra, do PSDB, gastará R$ 98 milhões. Isto é só uma estimativa. Se tanto dinheiro será gasto na campanha, quanto custará à prefeitura a remuneração dos investimentos feitos?

Enquanto isto o Congresso debate, sem chegar à conclusão nenhuma, o financiamento público das campanhas eleitorais.

Até quando conviveremos com os interesses privados para os investimentos feitos nas campanhas públicas, que certamente se traduzem em rendimentos milionários para tais investidores?

2 comentários:

  1. O financiamento público de campanha não interessa aos setores privados, porque não poderão mais jorrar dinheiro nas cachoeiras dos seus interesses para eleger, os seus candidatos a defenderem seus lucros e idéias.
    O maior exemplo disso é a reportagem desta semana na revista Carta Maior (até Gilmar Mendes está na lista).
    Fazem o debate de forma errada para induzir a população achar que será mais um gasto e aumento de imposto.
    Um abraço Erick.
    Compartilhado no G+.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outro, Beth.. Obrigado pela participação e apoio.

      Excluir