sábado, 13 de novembro de 2010

Retorno das origens



Retornei ontem à São Paulo. Vim do Rio de Janeiro.

Ou será que de novo deixei ontem para trás as minhas origens?

Não adianta... A origem, a volta... Será que voltei? Será que saí?

Caminhando do Largo da Carioca até os arcos da Lapa.

Uma cerveja olhando os arcos seculares hoje restaurados. Um mergulho nas minha origens, que é a própria origem da minha e da nossa história. Um almoço de frente para o Largo da Misericórdia, olhando de novo com outros olhos nossa história.

Caminhei de novo nos mesmos sítios onde um dia caminhou os primeiros representantes de nossa história, que deixaram suas marcas tão bem preservadas pelos que os sucederam.


Talvez não seja mais carioca: carioca autêntico que guarda a essência do carioca, mas um carioca que se apaulistou. Se apaulistou mas vez por outra mergulha em suas origens e tem orgulho de dizer: sou carioca. Um tanto apaulistado, mas carioca...

4 comentários:

  1. Um carioista ou pauliroca. Tanto faz, o importante é que você sente-se bem tanto lá como cá.

    Abraços de um paulista do interior.

    ResponderExcluir
  2. Você disse tudo... Obrigado pela visita e comentário.

    ResponderExcluir
  3. O importante mesmo é se sentir bem, deixemos as denominações de lado.
    Excelente post,
    abraços,
    Vitor

    ResponderExcluir